Vet Cancer
Contato:
(11) 5056-1395
Alameda Jauaperi, 732, Moema

Histórico no Brasil

No Braisl, o Vet Câncer é o primeiro serviço de patologia e oncologia veterinária a oferecer o procedimento de histopatologia por congelação no trans operatório.



Em nossa rotina dentro da Patologia Veterinária, ao longo de mais de 10 anos de serviço, sempre buscamos manter uma comunicação aberta e constante com nossos parceiros clínicos e cirurgiões, por acreditar na integração das especialidades como o único meio se obter os melhores resultados possíveis na prática da Medicina Veterinária.

Assim, fomos construindo relações profissionais que nos permitiram participar cada vez mais de perto dos procedimentos cirúrgicos.



Em 2008 começamos a acompanhar cirurgias oncológicas, inicialmente apenas discutindo os casos, estudando e auxiliando direta ou indiretamente na instituição de condutas.

Logo passamos a avaliar pela técnica de citopatologia margens cirúrgicas, linfonodos e formações por impressão de lâminas e/ou squash de punções.

Os resultados foram muito positivos e estimulantes. Até que em meados de 2009 tivemos a oportunidade de conhecer e receber a orientação de um médico patologista humano que nos orientou na compra e utilização técnica de um criótomo portátil, representando para nós um grande mestre e estimulador da utilização da técnica de congelação no trans-operatório.

Inicialmente tivemos a valiosa ajuda de colegas que nos permitiram a análise e acompanhamento de seus pacientes.

Sempre que possível analisávamos o tecido fresco e o comparávamos posteriormente com o corte da parafina. Assim foi feito com tecidos neoplásicos e não neoplásicos obtidos inclusive de necropsias.

Em janeiro de 2010 passamos a oferecer o serviço rotineiramente.

Desde então, mudando sobremaneira condutas e resultados, temos observado um novo quadro com perspectivas muito positivas e promissoras para a qualidade de vida e aumento da sobrevida dos animais. 

O que muda na prática
Aplicações

No que consiste o método

Powered By Link e Cérebro