Vet Cancer
Contato:
(11) 5056-1395
Alameda Jauaperi, 732, Moema

No que consiste o método de congelação

Após a avaliação macroscópica e decisão dos locais a serem analisados, o fragmento coletado pelo cirurgião é entregue ao patologista que o coloca sobre uma placa que será congelada.



Normalmente utiliza-se um micrótomo portátil de congelação, que faz cortes com cerca de 5 micrômetros de espessura.

Com a mesma finalidade são utilizados também os criótomos, porém apenas em grandes hospitais, pois são aparelhos maiores e mais precisos que não podem ser transportados.

A congelação permite cortar o tecido fresco, preparando-o para o exame microscópico.

Importante ter em mente que os fragmentos de neoplasias devem, adicionalmente, ser fixados e processados para análise posterior em cortes de parafina.

Desta forma, todo o procedimento resultará na apresentação de 2 laudos. O primeiro é presuntivo e o segundo pode ser conclusivo ou não.

Logo, pode ser necessária a realização de reações imunohistoquímicas para determinação da histogênese. Como ocorre na histopatologia de uma maneira geral.

O procedimento pode ser realizado de diferentes formas, as quais variam de acordo com o caso, conhecimento prévio ou não do tipo neoplásico, o tipo neoplásico e decisão da equipe.

Pode-se realizar o mapeamento e coleta de fragmentos antes da remoção da formação,  a partir da formação removida ou ainda, após a remoção, a partir da margem cirúrgica no paciente.

Powered By Link e Cérebro