Vet Cancer
Contato:
(11) 5056-1395
Alameda Jauaperi, 732, Moema

O exame citopatológico

Natureza da amostra a ser examinada:
      - líquidos orgânicos*
      - tratos fistulosos
      - tumores 
      - tecidos de uma maneira geral.

*secreção de mama, líquido ascítico, sinovial, pleural, pericárdico, punções de coleções, urina, lavado vesical, gástrico, peritoneal e tráqueo-brônquico.

Aplicações ou indicações:
      - diferenciação entre processos neoplásicos e inflamatórios
      - diferenciação entre processos inflamatórios agudos e crônicos
      - identificação de agentes infecciosos, por ex. Babesia spp a partir de imprint de pulmão, baço ou SNC, e Leshmania spp a partir de imprint ou citologia aspirativa de nódulos, linfonodos, feridas ou órgãos, como o baço, por exemplo.

Técnicas de coleta
      
imprint **
       -
 por agulha fina (aspirativa e/ou capilaridade)***
       - esfoliação 
       - e/ou squash

** Imprint pode ser feito a partir de um fragmento de 1-2 cm do tecido ou órgão a ser examinado, após retira-se o excesso de sangue com papel toalha, faz-se a impressão em uma lâmina limpa.

*** Agulha fina - pode-se utulizar agulha 25x7 ou 25x8 ou 20x5,5 ou ainda 40x12 (dependendo da natureza do material);  tecido duro como osso requer agulhas maiores com ao 40x12;
      
         - por capilaridade: introduzindo a agulha em várias direções sem retirá-la, o tecido preenche o cilindro da   agulha por capilaridade e é ideal para massas muito vascularizadas e mais macias.;

         - aspirativa: utiliza-se seringa de 10 ml, preferencialmente, deixando 2-3 ml. de ar, introduz-se a agulha acoplada à seringa, puxa o êmbolo fazendo pressão negativa e então movendo a agulha em várias direções sem tirá-la da lesão. Solta-se vagarosamente o êmbolo, com a agulha ainda dentro da massa, de forma a não empurrar o material de volta e então retira-se a agulha. Mirando a agulha em direção à uma lâmina de vidro limpa, empurra-se rapidamente o êmbolo, jogando o conteúdo aspirado sobre a lâmina. Em seguida faz um squash** (colocar uma lâmina sobre a outra, fazendo suave compressão e deslizando-as de forma a espalhar o material uniformente na lâmina, ou simplesmente deixando o material se espalhar entre as duas lâminas para posteriormente deslizá-las).
        
         ► O ideal é sempre começar do menor para o maior calibre e optar primeiramente pela capilaridade, deixando a aspiração apenas para quando não houver coleta suficiente, pois o material costuma ter maior qualidade e menor contaminação por sangue nestas condições.


         ► Squash pode ser realizado com pequenos fragmentos (2-3mm) do tecido a ser examinado.


Envio ao laboratório

         - Material líquido: deve ser enviado misturado e homogeneizado com álcool etílico 70% em partes iguais.

         - Em caso de envio de esfregaço em lâmina, este deve ser seco ao ar livre e pode ser enviado das seguintes formas:
                   - em álcool etílico 70%;
                   - fixado em metanol por 3 – 5 minutos;
                   - fixado em álcool etílico 95%, sendo  hora o tempo ideal e o mínimo de 15 minutos; neste caso o
                   volume ideal do fixador é de 20 ml. para cada lâmina.
 

Powered By Link e Cérebro